21 de Setembro de 2017

Oi Futuro marca presença no BIG Festival

O maior evento de jogos independentes da América Latina e um dos três maiores do mundo, o BIG Festival (Brazil's Independent Games Festival), que vai de 24 de junho a 2 de julho, no Centro Cultural São Paulo, vai contar com a participação de palestrantes do Oi Futuro. Com entrada gratuita, o BIG é tanto para os amantes dos videogames, com exposições e atividades abertas, quanto para os profissionais do setor, que podem explorar diversas frentes do mercado e da indústria de games, como um fórum destinado aos negócios e uma grande premiação internacional. Na edição do ano passado, o BIG recebeu a visita de mais de 18 mil pessoas. Na edição do ano passado, o BIG recebeu a visita de mais de 18 mil pessoas.  Confira toda a programação de 2017 aqui.

Veja abaixo quem da turma do Oi Futuro vai participar:








ANTOANNE PONTES (PROF. NAVE RIO)




Mestrando em Sistemas de Informação pelo programa de pós-graduação em Informática do Instituto Tércio Pacitti de Aplicações e Pesquisas Computacionais (PPGI/NCE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pós-Graduado pela PUC em Análise, Projetos e Gerência de Sistemas (2007) e graduado em Sistemas de Informação pelo Centro Universitário da Cidade (2003). Atualmente, é coordenador pedagógico pelo Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR), fazendo parte como Coordenador Pedagógico do programa NAVE Rio, no Colégio Estadual José Leite Lopes.














José Augusto Mendes Vidal (PROF. NAVE RIO)




Graduado em Jogos Digitais pela Universidade Estácio de Sá (2008). Trabalhou na Zênite Games como analista programador para Advergames. (2006-2007); na Magus Ludens, como analista programador para jogos casuais para desktop (2008-2009); na PlayerUm, com jogos casuais, conteúdo e aplicativos digitais (2009 - 2010); na Technology and Training, com jogos educativos e empresariais (2010-2012); na Ratto Software, com jogos casuais, sociais e web (2012 - 2013); e no CESAR, como consultor de qualificação para aulas sobre programação para jogos (2013 até agora). Tem experiência com desenvolvimento de aplicações desktop, web e mobile, linguagens de programação, bibliotecas, frameworks e engines para desenvolvimento de jogos digitais.














Luca Fernandes (Aluno NAVE RIO)




Estudante de Programação, membro do grupo de pesquisa e disseminação de robótica do NAVE Labs, entusiasta de robótica e amante de Game Design, atuante no desenvolvimento de jogos 2D, 3D e analógicos, sendo iniciante na atuação de Scrum Master. Em uma frase: "Jogos tem a capacidade de mudar o mundo!"














Lucas Soares da Silva (Aluno NAVE RIO)




Estudante de Programação, membro do grupo de pesquisa e disseminação de robótica NAVE Labs, amante de programação e robótica, atuante no desenvolvimento de projetos com Arduino, softwares, jogos 2D, 3D e aplicativos, iniciante na área de Ethical Hacking.














Patrick Scoralick Costa (Aluno NAVE RIO)




Estudante de Programação, membro do grupo de pesquisa e disseminação de robótica NAVE Labs, amante de robótica, entusiasta por jogos, em uma frase: "Uma mente que se expande a uma nova ideia, jamais retorna ao seu tamanho original"














Giovanna Rocha Costa (Aluna NAVE RIO)




Com 17 anos, estuda roteiro e se apaixonou pela robótica e a cultura Maker através de amigos no NAVE Labs. “Temos o objetivo de mostrar que pode haver integração entre educação e robótica, e com ela, auxiliar no desenvolvimento e melhora da aprendizagem”. Ao sair no NAVE, quer fazer faculdade de Nutrição, com intenção de arrumar novas maneiras de introduzir a robótica na profissão.














Gabriel Seal (Aluno NAVE RECIFE)




Estudante de programação de jogos digitais, participa de grupos de estudos de robótica e desenvolvimento de projetos de automação residencial e industrial. Com sua equipe, esteve em eventos como a Imagine Cup da Microsoft, e o Mangue.Bit 2.0. A curiosidade move seu grupo a participar de eventos que são altamente técnicos e que tem muitos desafios, sempre tentando resolver problemas do dia-dia.














Eduardo Chaves (Aluno NAVE RECIFE)




Estuda o primeiro ano do curso de programação, além de outros cursos propostos pela escola como: Arte de Jogos Digitais, robótica e monitoria de mídia. Fascinado pela área de programação, pretende cursar ciências da computação e se especializar na área de criação de jogos e aplicativos.














Jonathan Anthony (Aluno NAVE RECIFE)




“Amarrado” na tecnologia, jogos e animações, está cursando o 2º ano do ensino médio na Escola técnica Estadual Cícero Dias, onde estuda o curso técnico de multimídia. Durante o primeiro ano, fez o curso básico de programação. Participou do Festival Anima Mundi e submeteu seu projeto no Festival Pequeno Cineasta 2017. Cursando o ensino técnico de multimídia, mas quer seguir na área de design ou de engenharia da computação.














Luiz Francisco Araujo (Prof. NAVE RIO)




Mestre em Design pela UFPE, graduado em Design Gráfico pela mesma instituição. É coordenador Pedagógico pelo CESAR do Curso Técnico de Nível Médio de Multimídia/Artes para Jogos Digitais na Escola Técnica Estadual Cícero Dias - Programa NAVE. Também atua como coordenador dos cursos de especialização em Design de Interação para Artefatos Digitais na Faculdade CESAR e na Faculdade Guararapes. Dentro do NAVE, coordenou mais de 40 projetos de jogos e artefatos digitais, que somam mais de 700.000 downloads nas lojas do Google Play e Microsoft Store e foram premiados em eventos como: Festival de Jogos Independentes do SBGames; competições da Microsoft; Technovation Challenge; Concurso INOVApps do Ministério das Comunicações. Coordenou também projetos de animações selecionados e premiados em festivais nacionais e internacionais como o Anima Mundi, Festival Pequeno Cineasta, Mostra Geração - Festival do Rio, I.N.S.A.N.E. Festival, Grenada Aftergow e Fayette Film Fest. Trabalhou mais de 15 anos na área de comunicação e design para várias empresas e instituições , inclusive o livro/ações “Comedoria Popular”,  projeto "Direito do Consumidor nas Ruas"; e DVD-ROM da “Sala especial Paulo Bruscky” para a Bienal de Artes de São Paulo 2004.















Danielle Gomes (Prof. NAVE RECIFE)




Apaixonada por educação e inovação. Colaboradora do CESAR, ensina há sete anos no Curso Técnico de Nível Médio de Multimídia/Artes para Jogos Digitais no NAVE Recife. Fez Licenciatura em Computação na UFRPE e possui Mestrado em Inteligência Artificial pela UFPE. Atualmente, faz pós-graduação em Internet das Coisas na Faculdade CESAR. Trabalha diretamente com o desenvolvimento de jogos e aplicativos no ensino do curso técnico. Atua há três anos com pesquisa de práticas metodológicas do ensino em programação em diversos contextos. Está sempre interessada e envolvida em novas metodologias de ensino, tecnologia e linguagens de programação.














Anderson Silva (Prof. NAVE RECIFE)




Apaixonado por computação, jogos eletrônicos e educação, é formado em Licenciatura Plena em Computação pela UFRPE, e também possui mestrado em Ciências da Computação na área de Inteligência Artificial pelo Centro de Informática da UFPE. Atua como coordenador no NAVE na Escola Técnica Estadual Cícero Dias e como professor na Faculdade Estácio de Sá do Recife. Já atuou em mais de 50 projetos de jogos digitais, possui diversas orientações em trabalhos de conclusão de curso em Sistemas de Informação. Atualmente está empenhado em projeto de IoT e desenvolve pesquisas nas áreas de Computação e Educação.














Bruna Cruz (Museu das Telecomunicações)




Museóloga formada pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ). É analista de projetos do Instituto Oi Futuro e coordena o Museu das Telecomunicações, plataforma pública ativadora de suas comunidades, onde explora-se e são incorporadas novas tecnologias de infraestrutura digital a fim de apreender e compreender as mudanças no comportamento e as expectativas estas inovações despertam no usuário.