Início

Carregando

História das Telecomunicações

Preparado para embarcar nessa viagem pela história das telecomunicações?
Ela começa há mais de 140 anos e vai preparar você para um futuro ainda mais
emocionante. Então, aperte os cintos e venha com a gente. Role a página para
ver os acontecimentos.

1875Ring Ring

Depois da era da tradição oral e escrita, a invenção
do telefone por Alexander Graham Bell revoluciona
a forma de se comunicar. A forma e o meio de se falar
altera o curso da história, e nossa viagem no tempo começa aqui.

1876"Meu Deus!
isto fala!"

A invenção do telefone influencia nossa história
já no ano seguinte. Na exposição centenária na Filadélfia
(Estados Unidos), Dom Pedro II, imperador do Brasil na época,
conhece o aparelho de Bell e fica assombrado por vê-lo
"falar sozinho".

1877Alô, Alô,
Brasil?

O aparelho causa tanta admiração em Dom Pedro II que ele
quer um pra si. A primeira instalação de telefone no Brasil acontece
justamente na residência do Imperador: o Palácio de São Cristóvão,
hoje o Museu Nacional, no Rio de Janeiro.

1879Conectado
ao mundo

A revolução causada pelo aparelho não seria completa sem
uma rede telefônica para se comunicar. Então, 4 anos depois,
o americano Charles Paul Mackie consegue a primeira concessão
para estabelecer essa rede em terras brasileiras.

1879Fala, Brasil!

Com a rede telefônica formada, Dom Pedro II autoriza por meio
de um decreto imperial o funcionamento da primeira empresa
de telefonia do País: a Telephone Company of Brazil, do mesmo
Charles Paul Mackie e outros americanos.

1881Cheguei
pra ficar

Dois anos depois, a Telephone Company of Brazil é instalada
na Rua Quitanda, 89, no Rio de Janeiro. Com sede definida,
a empresa de Charles Paul Mackie e outros americanos é a
primeira companhia telefônica do Brasil.

1881Passo
a passo

Lançada a primeira Lista Telefônica do Brasil, que além de ter
os números dos primeiros felizardos por terem um aparelho
em casa funciona como um manual. Ela dá instruções
básicas e explica como usar o telefone.

1890Alô? Aguarde
um instante!

Não eram possíveis ligações diretas entre telefones. Então, com
as primeiras centrais telefônicas surge também uma nova profissão:
a telefonista. A empresa americana Bell System determina
29 de junho como o dia dela.

1906Um novo tipo
de telefone

Depois de telefones de magneto com manivela provocarem um
incêndio que destruiu a Companhia Telephonica Brasileira, novos
aparelhos com bateria central são importados dos EUA. Basta
tirar o fone do gancho para funcionar.

1928Sino azul

É lançada a Revista Sino Azul, editada pela Companhia Telefônica
Brasileira. A publicação foi mantida até 1989, pela Telerj,
e é considerada precursora do jornalismo empresarial no País.
Ela registra a história das telecomunicações.

1935Telefonia
pública

A CTB instala o primeiro posto público na antiga Galeria
Cruzeiro, hoje Edifício Avenida Central, no Rio de Janeiro.
Mais tarde, telefones públicos são instalados em bares,
farmácias e mercearias pela cidade.

1944Hello,
Mark!

Começa a funcionar o primeiro computador
eletromecânico do mundo. O Harvard Mark I é feito
pela Universidade em parceria com a IBM e é usado pela
Marinha Americana para fazer cálculos balísticos.

1946O primo
do celular

Começa a funcionar o primeiro serviço ed telefonia móvel
do mundo. Lançado no Missouri, nos Estados Unidos, ele
permite ligações entre o sistema convencional de telefonia
e aparelhos móveis, por meio de transmissão a rádio.

1958DDD

Começa a funcionar o primeiro sistema de Discagem Direta a
Distância (DDD) da América do Sul. Através de um cabo coaxial,
que inicialmente conecta Santos e São Paulo, mas depois integra
as mais distantes regiões do Brasil.

1962Pré-Internet

O físico, matemático e psicólogo americano J. C. R. Licklider é o
primeiro a pensar na possibilidade de comunicação mundial por
computadores. Ele propõe o conceito de rede ao tentar conectar
vários para que os pesquisadores pudessem trocar dados.

1969Pré-
Internet II

O Departamento de Defesa Americano organiza a rede
de computadores que dá origem à internet. A ARPANet tem
como objetivo interligar as bases militares e os departamentos
de pesquisa do governo durante a Guerra Fria.

1969Tempo
real

A Embratel inaugura torres de rastreamento de satélites
no Estado do Rio de Janeiro que viabilizam a integração
do Brasil ao sistema mundial de comunicação via satélite
(intelsat) e permite que sejam feitas transmissões ao vivo.

1971Um computador
em um chip

Em 15 de novembro a Intel anuncia o primeiro microprocessador
comercial do mundo. 4004, desenvolvido por Federico Faggin,
Ted Hoff e Mazor Stanley, é um circuito programável de 4 bits e
16 pinos que opera em 740 KHz.

1971O correio
eletrônico

O engenheiro Ray Tomlinson, com um programa chamado
SNDMSG, envia o primeiro e-mail da história e decide separar
o nome do usuário e o nome do computador pelo símbolo @,
que significa "em" ("at", em inglês).

1972Orelhões

Os telefones públicos, oficialmente chamados Terminais
de Uso Público (TUP), ficam mais populares e tomam conta
das ruas do Rio de Janeiro e de São Paulo. Em pouco tempo,
os cariocas batizam os aparelhos de "orelhões".

1973Primeira ligação
de celular

No dia 3 de abril, o engenheiro Martin Cooper, da Motorola,
fez a primeira ligação usando um protótipo de telefone celular
chamado DynaTAC, em Nova York. Só depois de 10 anos o primeiro
celular comercial chega ao mercado.

1979Mobile

A empresa japonesa NTT (Nippon Telephone & Telegraph)
se antecipa aos Estados Unidos e coloca o primeiro sistema
de telefonia celular na cidade de Tóquio. Mas só 4 anos depois,
o primeiro sistema celular comercial começa a funcionar.

1980Rede por
satélite

Começa a funcionar um novo sistema internacional de satélite
que revoluciona a comunicação marítima, e o Brasil participa.
O Inmarsat permite que navios acessem diretamente sistemas
mundiais de telecomunicações.

1985Satélite
brasileiro

O Brasil é o primeiro país da América Latina a lançar um
satélite doméstico. O Brasilsat A1, operado pela Embratel,
é um marco na história porque dá independência ao País
nos serviços de telecomunicações via satélite.

1986Nasce a
Internet

A agência governamental americana National Science
Foundation (NSF) cria a NSFNet, um sistema em rede para
incentivo a pesquisa e educação científica. A conexão da
NSFNet e da ARPANet passa a se chamar Internet.

1989WWW

Os pesquisadores do Centro Europeu para Investigação Nuclear
(CERN) Tim Berners-Lee e Robert Cailliau criam a World Wide Web
(WWW), um projeto global que permite a navegação por páginas
de conteúdo por meio de hipertexto.

1990Telefonia
celular

O Rio de Janeiro é a primeira cidade brasileira a ter rede
de telefonia celular. A primeira geração de telefonia móvel
usada no País seguia o sistema analógico dos EUA, chamado
AMPS. Essa tecnologia só permitia transmissão de voz.

1992Cartão
telefônico

Em junho, é lançado o cartão telefônico indutivo no sistema
Telebrás. Inventado pelo engenheiro brasileiro Nelson Guilherme
Bardini, seu funcionamento é baseado na indução de eletricidade.
A tecnologia substitui as fichas telefônicas.

1992Multi
rede digital

A Embratel lança algumas novidades na década de 1990 e uma
delas é a Multi Rede Digital, um sistema que integra voz, transmissão
de dados, textos e inclui ainda videoconferência e fac-símile
(que mais tarde passa a se chamar "FAX").

1995Internet
comercial

A internet comercial chega ao Brasil e surgem
diversos provedores de acesso. Começam a distribuição
de IPs e os registros dos domínios nacionais
(.com.br). É criado também o primeiro jornal brasileiro
na internet: o JB Online.

1997Lei geral de
telecomunicações

O mercado se moderniza e expande graças à promulgação da Lei Geral
de Telecomunicações (Lei nº 9.472), que cria a Agência Nacional de
Telecomunicações (Anatel), e ao início de operação do primeiro serviço
de celular digital do Brasil.

1998Privatização

O Ministério das Comunicações divide a Telebrás em 12 empresas
e no dia 29 de julho começa o processo de privatização na Bolsa
de Valores do Rio de Janeiro. A maior negociação desse tipo no
Brasil arrecada R$ 22,058 bilhões.

1999Códigos das
operadoras

No dia 3 de julho entram em vigor os novos códigos para
ligações de longa distância das operadoras de telefonia fixa
das empresas privatizadas. Eles passam a ser usados antes
do DDD ou DDI e do número de telefone a ser chamado.

2000Smartphone

Anunciado em 1992 e comercializado em 1994, o IBM Simon foi
o primeiro aparelho a propor a união entre celular e PC, com: agenda,
calendário, e-mail e suporte a instalação de Apps. Em 2000,
surge o termo smartphone com o Ericsson R380 e, um ano depois,
o Brasil vendia o seu primeiro smartphone: o Kyocera QCP 6035.

2001GSM

A Anatel libera as primeiras licenças do Sistema
Global para Comunicações Móveis (padrão GSM)
para telefonia celular. Isso abre caminho para
que 16 Estados brasileiros nas regiões Sudeste,
Sul, Centro-Oeste e Norte usem a tecnologia.

2004Convergência:
smartphone e
redes sociais

No Japão, é lançado o primeiro aparelho da Terceira Geração, com acesso à internet,
mensagens multimídia e download de Apps. A convergência chega aos celulares:
exibição de vídeos e identificação de textos escritos a mão. O Orkut é lançado
no dia 24 de janeiro e, em 4 de fevereiro, o Facebook, atraindo diversas pessoas.

2009Portabilidade
numérica

Usuários de telefonia fixa e móvel de todo o Brasil já podem
mudar de operadora e manter o mesmo número do telefone.
A portabilidade numérica é aprovada pela Anatel em março
de 2007, mas só dois anos depois cobre todo o País.

2010Kinect

É criado o sensor de movimentos Kinect, que permite que jogadores consigam
interagir com os jogos eletrônicos sem a necessidade de ter nas mãos um controle.
Desenvolvido pela Microsoft, o dispositivo é lançado em novembro.

2015A Internet
das coisas

A ideia é conectar os itens do dia a dia à rede mundial de computadores
por meio de robôs, dispositivos pessoais, impressoras 3D e drones.